Internet

Como surgiu o erro 404?

Vanessa Soares
Escrito por Vanessa Soares

Bastante temido e supersticioso, todo mundo tenta fugir do erro 404, seja você o dono de um site ou um navegante. Mas quem nuca se deparou com a tela 404?

Obviamente que o 404 não foi retirado de nenhum livro do Stephen King, mas se ele fosse o número de um apartamento assombrado ninguém duvidaria disso pois todos iriam saber que seria um erro se hospedar nele.

O que algumas pessoas não sabem é que, há um tempo atrás, falava-se que o 404 tinha surgido através de um quarto com esse número, o Room 404. Nesse quarto, localizado na Suíça, ficava a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, que abrigava os primeiros servidores da Web.

Segundo essa história, diziam que algumas pessoas tinham escritórios por lá para que não fossem encontradas com frequência, daí o erro 401: página não encontrada.

Mas, pelo visto, isso não passa de um conto. Segundo uma reportagem que foi publicada na Wired <https://www.wired.com/story/page-not-found-a-brief-history-of-the-404-error/>, a história do erro 404 não tem nada a ver com mistério envolvendo quartos.

Robert Cailliau, o pesquisador que desenvolveu o projeto World Wide Web – WWW – em conjunto, declara na reportagem que os códigos de erro eram ume necessidade, mas nada que fosse a principal preocupação.

Ele relata que, ao se escrever um código para um sistema novo, não se deve desperdiçar tempo com mensagens longas para situações onde um erro é detectado, sem contar que, naquele tempo, a memória também era levada em conta, por isso as mensagens mais longas não eram usadas. Ele ainda tira sarro e diz que “os geeks modernos já não têm ideia do que era programar com 64k de memória”.

A solução encontrada foi simbolizar intervalos numéricos para as categorias de erro – e foram simbolizados de acordo com as vontades dos programadores. Os erros destinados aos clientes estavam na faixa dos 400 e o 404 foi simplesmente atribuído ao “não encontrado”.

Robert Cailliau declarou também para a Wired que tudo não passava de uma história: “404 nunca foi vinculado a qualquer lugar ou lugar físico no CERN – Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear – esse é um mito completo”.

Comente aqui o que achou dessa história e se preferir, deixa também uma sugestão para o próximo post!

Sobre o autor

Vanessa Soares

Vanessa Soares

Prazer, Vanessa! Tenho 17 anos. Sou estudante de Psicologia na Universidade Tiradentes – UNIT. Amo ler livros e peguei essa paixão ao ler minha primeira trilogia: Divergente. Amo assistir séries e jogar LoL nos horários vagos. Meu super-herói favorito é o Flash e estou aprendendo a tocar violão.

Deixe um Comentário

Shares
Share This